Ademilson Nunes

Moderators
  • Content count

    69
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

5 Neutral

About Ademilson Nunes

  • Rank
    Expert
  1. Ondas de indução

    Olá Romilde, a indução ocorre na variação da tensão seja uma variação positiva ou negativa em relação ao 0V. Logo um PWM cria sim indução em uma bobina. Esse é o principio de funcionamento de qualquer fonte chaveada ou conversor DC-DC. Pense assim, digamos que tenha um PWM que comece em 0V e suba até 10V e fique em 10V durante 5ms, durante o tempo de subida da tensão, 0, 1, 2, 3, 4...10V o campo eletromagnético vai se expandindo, quando o PWM 'corta' ele vai a 0V logo não existe tensão para sustentar o campo então ele contrai, após isso a tensão volta a subir 0,1,2,3,4 10V então o campo volta a se formar. Essa variação da tensão cria uma variação do campo o que cria uma indução na bobina ou transformador que gera termina por gerar uma tensão AC, esta sim será alternada. Por isso sempre temos, diodos retificadores e capacitores no secundário das fontes chaveadas. A corrente corre sempre em um sentido no primário (falando de transformadores chopper) e no secundário teremos corrente AC.     
  2. display mini system LG CM7420

    Essa medição depende do ponto de ref. que está usando para medir a tensão, onde está a ponta preta do seu multímetro?
  3. TV SAMSUNG

    12V eu diria que está dentro da tolerância, mas temos alguns problemas nessa cenário. Primeiro a placa fonte pode estar com defeito pois a tensão está 1V a baixo do normal, e quando liga na placa principal ela não "sobe". Verifica os capacitores do primário e também do secundário da fonte verifica se não tem fuga, se for o caso pode ligar uma lampada automotiva 12V e verificar se ela vai acender com brilho normal, assim poderia destacar o problema de fuga, a pista nesse caso é o fato do cliente alegar que ela demorava a ligar, isso pode sim ser o tempo de carga dos capacitores em fuga. Outro problema pode ser a placa principal com defeito, neste caso seria interessante ter uma outra placa para testar.     
  4. Cinebox Optimo X Dual 2 Core não liga

    Difícil apontar um problema diante de um cenário como este, mas vamos lá. Você conferiu as tensões em todos os reguladores está tudo normal nas fontes de tensão da placa? Se sim, se já trocou a eprom regravou e mesmo assim nada, só resta o processador. Ele aquece além do limite com pouco tempo ligado na fonte? 
  5. TV semp dl3975

    Fala amigo, pode mandar uma fotos da placa na região do bga? Já paguei vários problemas com hdmi, na maioria das vezes é pau no bga da placa principal. 
  6. Lâmpada em série

    Olá cleryson,  É normal a lâmpada acender desde que seja um brilho fraco, agora se for um acendimento com brilho bem forte aí sim é um sinal de curto. Consegue me detalhar a montagem que fez ou mandar foto ou diagrama assim posso conferir se n tem nenhum problema no circuito. 
  7. Power Placa de máquina de lavar não liga

    Olá Daiane, difícil afirmar qualquer coisa nesse caso. Eu necessitaria de mais detalhes do circuito. Esquema elétrico, ou pelo menos algumas fotos do circuito detalhado, se puder enviar será um prazer analisar. 
  8. Olá Joselito, não acredito que o capacitor estaria gerando todos os sintomas desse defeito. Pra mim, o problema agora tem jeito de led aberto ou led em curto no painel, seria necessário abrir o painel para analisar melhor este defeito.
  9. Olá Joselito, por isso sempre recomendo analisar os defeito da saída para a entrada, pois isso sempre acontecia comigo rsrs. Já tinha até escrito uma resposta baseada no seu primeiro post. Vou colocar minhas considerações mesmo assim para ficar de histórico. Mas só da um feedback pra gente saber se placa realmente não tinha defeito. As tensões que mediu indicam que o IC3 não está atingindo sua tensão de alimentação. Esta tensão vem do pino 5VCC, porém para isso é necessário que ocorra um primeiro  ciclo de indução no enrolamento auxiliar do primário do transformador choppe que deve induzir uma tensão de alimentação para o IC3, através do pino 5. O pino 8 VSS fornece uma tensão de 'partida' para IC, que utiliza essa carga para chavear o mosfet interno no IC3 que vai gerar o primeiro ciclo de indução. Como temos 0V no anodo do DB6 e 0V no pino 5, já da para matar que o IC3 não está funcionando como deveria. Eu trocaria ele, pois é o componente mais sensivel de todo esse circuito.   
  10. eletrônica geral

    Boa tarde Valtair, suas dúvidas serão melhor esclarecidas durante as aulas sobre conversor DC-DC lá eu explico detalhadamente todo processo envolvido e como a tensão pode ser reduzida ou elevada de acordo com a topologia (tipo do circuito conversor).  Já chegou nesta parte do curso?        
  11. Queda de tensão

    Respondi em seu outro tópico, e fiz uma pergunta lá, vamos analisar juntos. 
  12. Placa

    Pelas fotos Fica difícil afirmar, mas me parece que está placa não possui um conversor DC DC. Neste caso deve existir um único gnd logo após a ponte retificadora, nos capacitores de filtragem ligados ao regulador de tensão na saída. Qual a tensão que encontra na saída médico o vdd e gnd daquele borne azul com parafusos? 
  13. Duvida sobre analise de placa de tv

    Olá, seguindo sua analogia. Se encontrar 0V em todos os componentes da linha de saída que estiver analisando, e tem certeza que o comentado power on  da placa está ativo. Então o defeito está no setor primário e não no secundário. Neste caso deve analisar o mosfet comutador ligado em seria com o transformador e o ci gerador de pwm responsável por 'chavear' o mosfet. O cipossui vário componentes que o configuram para funcionar deve analisar os componentesa sua volta também.    Bons estudos, e conte conosco. 
  14. Duvida sobre entrada e saida

    Adailson, sugiro que assista esse vídeo, caso ainda não tenha assistido eu falo muito sobre suas dúvidas durante essa aula.  https://youtu.be/7HsDk6mStpQ Toda fonte possui uma entrada e uma saída. Quando vamos analisar um defeito primeiro iniciamos medindo as tensões na sua saída. Seguindo alguma referência, por exemplo uma inscrição serigrafia na placa ou mesmo seu esquema elétrico. Então podemos ter uma referência que nos diga que naquele ponto de saída teremos 12Vdc (12V contínuo). Então medimos para validar se existe essa tensão ali. Mas digamos que não encontramos 12V, mas encontramos 0V. Então já temos um defeito? Depende, de como o circuito trabalha. Muitas vezes essas tensões de saída só surgem após algum comando que habilita a tensão de 12V na saída. Mas supomos que este sinal que habilita os 12V já esteja presente no circuito, então deveria existir 12V naquele ponto, então medimos e encontramos 0V. Então temos um defeito, pois se o comando que habilita está tensão já está ativo (power on) então a tensão de saída já deveria ter subido até 12Vdc. Então você vai analisando da saída para entrada a procura de defeito. Verifica a polarização de transistores (circuitos de comando) analisa as etapas do conversor DC DC. Sempre de forma logica até encontrar o problema que pode ou não estar na parte primária, onde temos ponte retificadora, capacitores de filtro, resistores, fusiveis, vdr, ntc e etc. Gerlamente defeitos nesses componentes do primário são visíveis em análise visual, e são os mais simples de matar, pois você tem uma placa sem tensão de entrada. Ficando fácil de identificar o culpado com testes de circuito aberto ou de continuidade. Na sua foto, sim onde marcou é o circuito de saída da fonte. E deve seguir as tensõeso de marcou ali na entrada. Na verdade ali é uma região de filtragem EMI, falo um pouco sobre tudo isso no vídeo que deixei. Abraços e bons estudos. 
  15. Duvida sobre ponte retificadora

    Ponte retificadora em geral são 4 diodos, quase sempre encapsulados em um único envolucro. Podemos também ter ponte retificadora formada por 4 diodos, ou 8 diodos sendo 4-4 todos em paralelo. Mas isso é raro de se ver em circuitos profissionais.  Sim e não, de uma maneira geral deve-se analisar defeitos sempre seguindo a saída de volta até a entrada. Então se a fonte deve gerar +5V, deve medir a saída e verificar se existem os 5V, caso não seja 0V, então já sabe que tem defeito, dai volta da saída para entrada até achar o defeito. Se for uma tensão mais baixa, algo como 3V ou mais alta também tipo 18V. A lógica seria essa.