Ademilson Nunes

Moderators
  • Content count

    60
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

4 Neutral

About Ademilson Nunes

  • Rank
    Expert
  1. eletrônica geral

    Boa tarde Valtair, suas dúvidas serão melhor esclarecidas durante as aulas sobre conversor DC-DC lá eu explico detalhadamente todo processo envolvido e como a tensão pode ser reduzida ou elevada de acordo com a topologia (tipo do circuito conversor).  Já chegou nesta parte do curso?        
  2. Queda de tensão

    Respondi em seu outro tópico, e fiz uma pergunta lá, vamos analisar juntos. 
  3. Placa

    Pelas fotos Fica difícil afirmar, mas me parece que está placa não possui um conversor DC DC. Neste caso deve existir um único gnd logo após a ponte retificadora, nos capacitores de filtragem ligados ao regulador de tensão na saída. Qual a tensão que encontra na saída médico o vdd e gnd daquele borne azul com parafusos? 
  4. Duvida sobre analise de placa de tv

    Olá, seguindo sua analogia. Se encontrar 0V em todos os componentes da linha de saída que estiver analisando, e tem certeza que o comentado power on  da placa está ativo. Então o defeito está no setor primário e não no secundário. Neste caso deve analisar o mosfet comutador ligado em seria com o transformador e o ci gerador de pwm responsável por 'chavear' o mosfet. O cipossui vário componentes que o configuram para funcionar deve analisar os componentesa sua volta também.    Bons estudos, e conte conosco. 
  5. Duvida sobre entrada e saida

    Adailson, sugiro que assista esse vídeo, caso ainda não tenha assistido eu falo muito sobre suas dúvidas durante essa aula.  https://youtu.be/7HsDk6mStpQ Toda fonte possui uma entrada e uma saída. Quando vamos analisar um defeito primeiro iniciamos medindo as tensões na sua saída. Seguindo alguma referência, por exemplo uma inscrição serigrafia na placa ou mesmo seu esquema elétrico. Então podemos ter uma referência que nos diga que naquele ponto de saída teremos 12Vdc (12V contínuo). Então medimos para validar se existe essa tensão ali. Mas digamos que não encontramos 12V, mas encontramos 0V. Então já temos um defeito? Depende, de como o circuito trabalha. Muitas vezes essas tensões de saída só surgem após algum comando que habilita a tensão de 12V na saída. Mas supomos que este sinal que habilita os 12V já esteja presente no circuito, então deveria existir 12V naquele ponto, então medimos e encontramos 0V. Então temos um defeito, pois se o comando que habilita está tensão já está ativo (power on) então a tensão de saída já deveria ter subido até 12Vdc. Então você vai analisando da saída para entrada a procura de defeito. Verifica a polarização de transistores (circuitos de comando) analisa as etapas do conversor DC DC. Sempre de forma logica até encontrar o problema que pode ou não estar na parte primária, onde temos ponte retificadora, capacitores de filtro, resistores, fusiveis, vdr, ntc e etc. Gerlamente defeitos nesses componentes do primário são visíveis em análise visual, e são os mais simples de matar, pois você tem uma placa sem tensão de entrada. Ficando fácil de identificar o culpado com testes de circuito aberto ou de continuidade. Na sua foto, sim onde marcou é o circuito de saída da fonte. E deve seguir as tensõeso de marcou ali na entrada. Na verdade ali é uma região de filtragem EMI, falo um pouco sobre tudo isso no vídeo que deixei. Abraços e bons estudos. 
  6. Duvida sobre ponte retificadora

    Ponte retificadora em geral são 4 diodos, quase sempre encapsulados em um único envolucro. Podemos também ter ponte retificadora formada por 4 diodos, ou 8 diodos sendo 4-4 todos em paralelo. Mas isso é raro de se ver em circuitos profissionais.  Sim e não, de uma maneira geral deve-se analisar defeitos sempre seguindo a saída de volta até a entrada. Então se a fonte deve gerar +5V, deve medir a saída e verificar se existem os 5V, caso não seja 0V, então já sabe que tem defeito, dai volta da saída para entrada até achar o defeito. Se for uma tensão mais baixa, algo como 3V ou mais alta também tipo 18V. A lógica seria essa.     
  7. Duvida sobre transistores

    Olá Adailson, na verdade depende da forma como o circuito foi projetado. De uma maneira geral temos três configurações possíveis, sendo a primeira o transistor trabalhando como "chave" onde ele ora está saturado (chave aberta) quase curto. E ora está em corte (chave aberta)! Nestes casos deve sim, seguir as orientações dadas na aula sobre transistores. Existem também as outras duas configurações onde temos o transistor atuando como amplificador (neste caso ele deve ficar em meia polarização) tensão intermediaria, e a comutação vista nas aulas de fontes chaveadas.     
  8. Diagrama de circuito

    Por favor envia fotos das duas faces da plaquinha, vamos tentar ajudá-lo a montar o diagrama. 
  9. Esquema elétrico - Placa DVD Samsung

    Bom dia Raimundo, você tem o modelo do DVD, e alguma referência ou código descrito nas placas do DVD? Pois sem estas informações não é possível supor qual o esquema correto. Passe estas informações para que possamos ajudá-lo. 
  10. Dúvidas sobre carregador de celular

    Olá Daiane, difícil encontrar uma explicação logica para isso. Fez testes em um mesmo aparelho? 
  11. Duvida sobre placa

    Olá Adailson, pelo que vi nas fotos está analisando corretamente, você deve ter praticamente a mesma tensão de +B em todos os pontos dessa linha que mediu, pois os resistores são de muito baixo valor, 100ohms, eles devem servir para "controlar" a corrente de entrada do regulador. Quanto ao jumper que fez, pra mim deve estar correto. Em relação ao Resistor, fica um pouco complicado analisar apenas pelas fotos, mas por experiência e analisando as fotos eu posso arriscar em dizer que estes resistores são do tipo pull-up ou pull-down. São utilizados para manter as entradas do microcontrolador em estados lógicos conhecidos. Deve estar dentro 100ohms, mas um pouco mais ou um pouco menos não afetaria o funcionamento do circuito. 
  12. MODULO 11 - AULA 04 - DRIVER LED

    Olá Raimundo, em teoria sim, é possível trocar apenas o CI. Mas temos que considerar alguns tipos bem específicos são difíceis de se encontrar a venda no mercado nacional. Muitas vezes acabamos trocando a placa toda, por não encontrar o componente a venda, ou até mesmo por uma questão de segurança, já que teremos que dar garantia sobre o reparo, logo é interessante que se possa utilizar a garantia que temos com o fornecedor quanto compramos a placa nova, para evitar possíveis prejuízos. Mas tudo é muito relativo, as vezes o CI é comum em alguns tipos de placas de algum seguimento da eletronica, como placas de notebooks, celulares, TVs, e etc. Quem se especializa em um seguimento acaba acumulando muita placa sucata, de onde se pode remover CI's e outros componentes para uso nos reparos. 
  13. Bobina

    Olá Adailson, eu poderia arriscar dizendo que pode existir algum curto entre as espiras do motor. Mas não sou especialista nesse seguimento. Mas seguindo a sua lógica se os componentes ao redor do motor estão bons, o defeito acaba sendo o motor mesmo.      Abraços e bons estudos. 
  14. MÓDULO 10 - AULA 03

    Olá Raimundo, vou tentar explicar por aqui de forma clara e objetiva. Vamos abstrair o porquê a entrada inversora cópia a tensão da entrada não inversora. Pois seria necessário eu demonstrar isso utilizando o diagrama interno de um amplificador operacional. Mas imagine que na entrada Não inversora (+) tenhamos uma tensão de 6V vindas de uma bateria por exemplo. Agora imagine uma malha resistiva com dois resistores de mesmo valor ohmico  1K. Um extremo dos resistores vai ligado na saída com amplificador o meio entre os dois resistores vai ligado a entrada inversora ( - ). Enquanto o outro extremo do divisor vai ligado na referência (GND). Então se entrada inversora "cópia" a tensão da entrada não inversora teremos 6V caindo sobre o Resistor ligado entre o GND e a entrada inversora, como o outro Resistor ligado em seria a este formando o divisor tem mesmo valor ohmico teremos 6V sobre ele também, somando as quedas de tensão teremos 12V na saída do amplificador em relação ao GND. Este processo é o mesmo em caso de resistores de valores diferentes, pois seguiremos sempre a proporção de queda de tensão de acordo com a relação de valores entre os resistores. 
  15. Triac´s ao invés de MOSFET´s

    Olá amigo, desculpe a demora na resposta. Confesso que este tópico me passou batido. Sim é possível, isso já é praticado em circuitos de alta potência como em placas de ar condicionado, funciona bem, porém o custo é muito alto, dependendo da aplicação não vale a pena. Melhor usar mosfet.